quinta-feira, 16 de junho de 2016

Jovem de Torre de Moncorvo vence prémio “Melhor Jovem Agricultor de Portugal 2016”


Jovem de Torre de Moncorvo vence prémio “Melhor Jovem Agricultor de Portugal 2016”
O prémio “Melhor Jovem Agricultor de Portugal 2016” foi atribuído pela CAP a uma jovem de Torre de Moncorvo. Catarina Martins tem 24 anos e começou em 2013 a desenvolver um projecto de produção de hortícolas no vale da Vilariça.
A jovem estudante de engenharia agronómica mostrou-se surpreendida com a distinção, que lhe dá mais motivação para o trabalho, e acredita que pode incentivar outros jovens a dedicarem-se à agricultura. “Não estava nada à espera, fiquei completamente surpreendida. Acho que pode ser que assim os jovens de hoje em dia pensem melhor na sua vida profissional e naquilo que é realmente importante. Outras profissões são importantes mas a nossa alimentação é a base de tudo, porque acho que nós sem alimentação não podemos ensinar, não podemos cantar, não podemos fazer nenhuma actividade se não nos alimentar-mos”, salienta a jovem.
A dimensão da exploração de 10 hectares e a construção de um armazém, bem como o investimento, contribuíram para que o projecto de Catarina Martins fosse distinguido. “Dei início à actividade  em 2013, começando por produzir dez hectares de hortícolas. Tive de construir um armazém de mil metros quadrados, ou seja a construção de condições de trabalho, logística, algo inovador . A atribuição do prémio é fundamental e é bom, claro”, acresnetou.  
A jovem agricultora vai agora levar o seu projecto a Bruxelas, para representar o país num concurso europeu, o que considera uma grande responsabilidade. “Agora vou pensar no que vou levar para Bruxelas, visto que vamos concorrer a nível europeu. Espero levar o projecto mais consolidado e com algo inovador a apresentar, para que possamos representar Portugal da melhor forma”, referiu Catarina Martins.     
O “Prémio Jovem Agricultor” foi entregue a Catarina Martins pelo eurodeputado Nuno Melo na Feira Nacional de Agricultura, em Santarém.

Jornalista: 

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Exposição "Aves do Feital" no Museu do Ferro, dia 5/06

(clicar no cartaz para AMPLIAR)

Terá lugar no próximo dia 5 de Junho (Dia Mundial do Ambiente), a inauguração de uma exposição fotográfica intitulada "Aves do Feital", de autoria do prof. António Joaquim Fernandes, conterrâneo que há anos se dedica também às artes fotográficas, com reconhecido mérito, a par da sua actividade lectiva (de que já se aposentou). Feital é uma propriedade sua, nos arredores de Maçores, onde captou mais de 90% das imagens de aves que compõem a exposição. No entanto, nesta mostra, além das fotografias, há outros materiais que poderão ser observados e consultados (alguns guias de aves). - Os visitantes poderão ainda observar as aves que saltitam pelos jardins do Museu, podendo dispôr de binóculos para o efeito.
A não perder!!

Organização: Município de Torre de Moncorvo e Museu do Ferro & da Região de Moncorvo (parceria CMTM/PARM)

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Torre de Meem Corvo - em tempo de "feira medieval"

Entre os dias 8 e 10 de Abril, realizou-se mais uma edição da feira "medieval" de Torre de Mem Corvo (esta devia ser a grafia correcta da designação desta vila, pelo menos para esta ocasião).
Aqui fica uma breve reportagem fotográfica (mais uma):

Antigo Largo do Outeiro, onde pousaram os burros, junto à "catedral" (atenção, esta ainda não existia nos tempos medievos...).

Uma boa ocasião para se "ressuscitar" a Dança das Fitas, outra tradição ancestral desta villa, que decerto já se praticaria na Idade Média.

Pobres mendigos!... - e excelentes actores, a quem felicitamos pelo "papelão". 

Belas e nobres donzelas (cristãs e uma otomana??) esperando os festejos promovidos pela realeza, no adro da catedral...

O arraial do Rossio, esperando a enchente de povo que acorreria ao mercado, como noutros tempos...
Compenetrada, a Rainha D. Isabel e D. Dinis, observam o espectáculo dos seus súbditos...

A corte a caminho da catedral... Em tempos de el rei D. Dinis talvez já existisse a igreja de Santa Maria... substituída pela actual uns séculos depois...

 Um ferreiro medieval na terra do ferro... - Seria de Felgueiras?

... e uma dupla de "Pantomineiros" assumidos, num treato portátil de marionetas (ou Ribertos).

Apesar das ameaças de chuva e mau tempo, a villa animou-se por três dias, num espectáculo de cor e alegria. 
            - Para o ano há mais! 


sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Torre de Moncorvo no Catálogo "Transversalidades 2015"

Na sequência da divulgação dos resultados do concurso fotográfico " Transversalidades 2015", organizado pelo Centro de Estudos Ibéricos, com o opoio da Universidade de Coimbra, Universidade de Salamanca e Câmara Municipal da Guarda, o espaço de Torre de Moncorvo surge referenciado através de dois trabalhos de João Costa selecionados para o catálogo " Transversalidades 2015", num universo de  1700 fotografias de 300 fotógrafos.  As fotografias em questão integram uma das temáticas em concurso - paisagens, biodiversidade e património natural.



                                                                 Amendoeira & filhos

                                                                          FugaDouro

sábado, 21 de fevereiro de 2015

Exposição fotográfica sobre Igreja Matriz de Torre de Moncorvo, em Vila Real


A exposição de fotografia "Igreja Matriz de Torre de Moncorvo - Pormenores", de João Costa, será inaugurada na livraria Traga-Mundos, em Vila Real, no próximo dia 27 de fevereiro, pelas 21 horas.
Esta exposição esteve presente no Museu do Ferro & da Região de Moncorvo, desde agosto de 2014 a fevereiro de 2015.  Com esta iniciativa, pretende-se divulgar, de uma forma mais ampla, Torre de Moncorvo e o seu património.

sábado, 28 de junho de 2014

Apresentação de livro de Paula Reis, no auditório do Museu do Ferro, dia 29/06


Com a chancela da editora Vieira da Silva (Lisboa), será apresentado no dia 29 de Junho, no auditório do Museu do Ferro & da Região de Moncorvo, o livro de Paula Reis, intitulado "O Sonho de uma Vida".
A autora nasceu em Angola em 1972, embora com raízes na Horta da Vilariça, concelho de Torre de Moncorvo.. Tendo passado a infância em Portugal, aos 17 anos emigrou para França, onde aprendeu a língua e absorveu a cultura francesa. Tendo regressado às terras das origens, para além da sua actividade profissional, escreve nas horas vagas, sendo esta a sua primeira obra literária.

O livro trata da história de um menino que se encontrou sozinho, mas que com a ajuda de um "anjo" acabou por vencer na vida, realizando os seus sonhos e ajudando outros a realizarem os seus.

Fica o convite para o evento, e para uma boa leitura de verão. Apareça!

sábado, 7 de junho de 2014

Festas em Honra de Santa Leocádia e S. Bento

(clicar sobre o cartaz para AMPLIAR)

Estão a decorrer, até ao próximo dia 10 de Junho, as festividades em honra de Santa Leocádia e S. Bento, com o "epicentro" na respectiva capela, localizada na Serra do Roboredo, mesmo sobre a nossa vila. A organização compete à Junta de Freguesia de Torre de Moncorvo, com apoio do Município, contando-se ainda com a colaboração da associação PARM na organização do passeio cicloturístico em BTT, o qual se realizará no dia 10/06, com início nas minas da Carvalhosa, pelas 9:00h. Neste âmbito, serão visitadas algumas minas abandonadas e percorrida a serra do Roboredo até ao recinto da capela, onde se realiza a festa. - Para mais informações, contactar a Junta de Freguesia de Torre de Moncorvo, pelo tel. 279 252 689, ou PARM /Museu do Ferro: 279 252 724.

sexta-feira, 23 de maio de 2014

Concerto na igreja matriz de Torre de Moncorvo, próximo 31 de Maio


Felicitando a DRCN por esta iniciativa, que terá lugar na igreja matriz de Torre de Moncorvo no próximo dia 31 de Maio, às 21:30h, destacamos que este foi um dos três espaços escolhidos para esta digressão da Orquestra de Câmara da Maia em toda a região Norte.
Este ciclo começa hoje, no mosteiro de Leça, passará por Moncorvo e culmina em Caminha.
Aqui fica:

CONVITE
O ciclo Música em Tempo Pascal é uma iniciativa da Direção Regional de Cultura do Norte, inscrevendo-se no eixo de programação Jovens Músicos no Património a Norte. A Orquestra de Câmara de Maia, à qual se associa o Coro de Câmara Invictus Ensemble, interpretam a Missa Sancti Nicolai, Joseph HAYDN( 1732-1809) e o Gloria, RV 589, Antonio VIVALDI (1678-1741) nos seguintes monumentos nacionais, classificados em 1910 e afetos à DRCN:

Igreja do Mosteiro de Leça do Balio | Matosinhos-Porto | 23 de maio pelas 21:45;
Igreja Matriz de Torre de Moncorvo | Torre de Moncorvo – Bragança | 31 de maio pelas 21:30;
Igreja Matriz de Caminha | Caminha – Viana do Castelo | 6 de junho pelas 21:45.

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

O Farandulo de Tó - Cartaz

Esta obra tem como cerne de estudo o “Farandulo de Tó”, cujas raízes, segundo o autor, parecem encontrar eco nas festividades do Solstício de Inverno, durante o período de romanização da Península Ibérica, sendo inédita a hipótese explicativa dos intervenientes nesta festividade, que se perde na memória do tempo. Mas o autor não se fica por aí e, de uma forma coerente e clara, oferece-nos um retrato histórico e cultural da Aldeia de Tó, Concelho de Mogadouro, rica em património arqueológico e histórico e dessa forma, abre portas para outros estudos e outras investigações.

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Boas Festas


terça-feira, 10 de dezembro de 2013

"Farrusco" - novo livro de Isabel Mateus


Farrusco - Um Cão de Gado Transmontano é o sétimo livro de Isabel Mateus. Através do protagonista desta obra a autora regressa às suas raízes fundas na ruralidade portuguesa depois de Outros Contos da Montanha, O Trigo dos Pardais (obra do PNL), A Terra do Chiculate e Contos do Portugal Rural. A capa e as ilustrações do livro são da autoria de Cristina Borges Rocha.
“Isabel Mateus, que nasceu nas Quintas do Corisco, Torre de Moncorvo, trabalha e vive em Inglaterra, mas a realidade rural trasmontana com que conviveu na infância está bem presente e também nesta novela, que narra a história de um cão de gado, que faz lembrar em muitos momentos o conto “Nero”, dos Bichos, de Miguel Torga” (A. M. Pires Cabral).

“Isabel Mateus parece ter mergulhado ecológica e intencionalmente no ‘mundo cão’ ao promover o vedetismo do simpático e serviçal farrusco. Paradoxalmente alerta para o risco de extinção que corre este castiço personagem do cenário e da vida das nossas aldeias. Deixa claro o apelo para que se conserve tal espécie canina. Mas torna evidente um enorme conjunto de valores a preservar. E naquilo que mais se evidencia e vale a pena ter em consideração, está subjacente o que caracteriza uma raça, um ambiente, um povo... de valor, com valores, a preservar” (A. Guilhermino Pires).

O livro está disponível nas plataformas on line Wook e Bertrand bem como na Amazon e em livrarias selecionadas. Para mais informação acerca do livro e contacto com a autora por favor visite o seu site: www.isabelmateus.com.

Farrusco é uma boa prenda para oferecer, acolher e ler à lareira neste Natal!


segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Natal com Alma de Ferro

Domingo, dia 9/12, o grupo de teatro Alma de Ferro, de Moncorvo, levou à cena, no espaço do Celeiro, a peça infantil "Um presente para o Pai Natal".
Apesar do frio, o público acorreu à chamada, com destaque para a pequenada.
Aqui fica um registo em pose, pela objectiva do fotógrafo (e também actor) Camané Ricardo, a quem agradecemos o envio: 

sábado, 7 de dezembro de 2013

Iniciativas de Natal 2013 - Moncorvo

Programa de Natal/2013 promovido pela Câmara Municipal de Torre de Moncorvo:
(clicar sobre o cartaz para AMPLIAR)

De que destacamos a iniciativa de recolha de alimentos e vestuário para os mais carenciados (iniciativa do município em colaboração com a AJUM, Escuteiros, Paróquia de T. de Moncorvo e Juntas de Freguesia do concelho):